Cadastre-se e receba atualizações por E-mail

segunda-feira, 16 de julho de 2012

TPM - LIVRE-SE DELA E VIVA MELHOR




Só de ouvir essa sigla você já sente um arrepio não é mesmo? Bom eu sentia a mesma coisa quando o assunto era a tão temida TPM, o sofrimento causado por ela deixa nós mulheres no minimo sem disposição e mal humoradas, mas nós podemos com algumas mudanças em nossa rotima mudar esta realidade.
A tensão pré menstrual (TPM), é representada por um conjunto de sintomas físicos, emocionais e comportamentais como:

• Tensão e ansiedade.
• Depressão.
• Choro fácil.
• Alterações de humor, impulsividade, irritabilidade, raiva.
• Agressividade.
• Alterações no apetite, compulsão por certos alimentos.
• Insônia ou sonolência.
• Recolhimento social, reclusão.
• Dificuldade de concentração.
• Dor de cabeça.
• Fadiga.
• Ganho de peso por retenção de líquidos.
• Aumento da circunferência abdominal.
• Sensibilidade aumentada nos seios.
• Aparecimento de acne por oleosidade excessiva na pele.

A TPM está classificada em quatro tipos: A, C, H e D, de acordo com a predominância dos sintomas. Esta classificação não é uma regra. Uma mesma mulher pode apresentar os sintomas de um ou mais tipos de TPM.

TPM tipo A: as mulheres ficam ansiosas, irritadas, tensas e até mesmo agressivas. Este é o tipo mais freqüente.
TPM tipo C: caracteriza-se pelo aumento do apetite, compulsão alimentar (predominando a compulsão pela ingestão de doces, como chocolates), fadiga, dor de cabeça e palpitações.
TPM tipo H: há aumento súbito de dois a três quilos no peso corporal, aumento das mamas, dor e distensão abdominal.
TPM tipo D: é o menos freqüente e os sintomas predominantes são choro fácil, sonolência ou insônia, confusão mental e depressão.

Algumas recomendações se não levam a cura ao menos aliviam estes sintomas. Mudanças no estilo de vida, incluindo a prática de atividade física, exercícios aeróbicos de preferência, e modificação na dieta, são recomendadas para todas as mulheres, ter boas horas de sono no minimo 8 horas também auxilia na melhora dos sintomas. A pratica regular de exercícios físicos ajuda a melhorar a sua saúde e aliviam os sintomas de fadiga e alterações de humor. Estudo comprova com base em entrevistas realizadas com mulheres que só o fato de não realizarem a atividade fisica é um fator para a presença da TPM.

O proximo passo é fácil e só depende de você, para começar a se livrar desse mal, incorpore algum tipo de atividade física regular em sua rotina. Comprometa-se a fazer pelo menos 30 minutos de atividade física como caminhadas, natação ou outra qualquer outra atividade aeróbica, sempre com a orientação de um profissional habilitado, neste caso o educador físico, atitudes como essas iram lhe proporcionar o bem-estar novamente.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Arruda C. G. Tensão Pré-Menstrual. Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. Projeto Diretrizes. 2011.

Fernandes, C. E. Síndrome da tensão pré-menstrual – o estado atual dos conhecimentos. Arquivo de Medicina ABC v. 29 no 2 Jul/Dez 2004.

Muramatsu, C. H.  CONSEQÜÊNCIAS DA SÍNDROME DA TENSÃO PRÉ MENSTRUAL NA VIDA DA MULHER. Rev Esc Enferm USP 2001.

PETTA, C. A. TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL: PERSPECTIVA E ATITUDE DE MULHERES, HOMENS E MÉDICOS GINECOLOGISTAS NO BRASIL. RELATÓRIO FINAL. Centro de Pesquisas em Saúde Reprodutiva de Campinas – Cemicamp. Maio 2008.

TEIXEIRA, R. A. Passando a limpo a TPM. Sua Origem e soluções. Instituto do Cerebro de Brasilia. 2009.




Profª Cristiane dos Santos
CREF 090370-G/SP
Professora de Educação Física formada pela Universidade Santa Cecilia.
Email: cristiane.santos08@gmail.com

Um comentário: