Cadastre-se e receba atualizações por E-mail

segunda-feira, 11 de junho de 2012

ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - GINASTICA LOCALIZADA



A ginastica localizada é definida por Delgado (2012) como sendo um método de condicionamento físico, que visa desenvolver a resistência muscular localizada de  um músculo ou de um grupamento muscular, tornando-o mais tonificado sem com tudo hipertrofiá-lo deixando o corpo mais firme (hipertonia) e resistente a fadiga. A ginástica localizada surgiu praticamente junto com a aeróbica, no começo não era muito freqüentada devido ao grande sucesso da aeróbica, mas aos poucos as pessoas foram percebendo que para manter uma harmonia corporal só a aeróbica não bastava, era preciso algo mais, alguma coisa que deixasse os músculos firmes e torneados (PEDRO, 2009 apud BREGOLATO, 2006).
Os objetivos dessa atividade fisica são: melhorar a flexibilidade, melhorar a coordenação motora, desenvolver a agilidade, melhorar a postura, estética e prevenir lesões. (Bentes, 2012)
Os beneficios da Ginastica Localizada foram comprovados em varios estudos como o realizado por De Paoli et al (2005), onde os autores avaliaram o consumo calórico da parte principal de uma aula de “Ginástica Localizada” em 15 mulheres voluntárias, com média de idade (30 4,6 anos), já praticantes desta atividade física. Os resultados foram satisfatorios com a comprovação de que o gasto calorico é eficiente e dentro dos padrões estabelecidos pelo ASCM.
Segundo o estudo realizado por Lima et al (2010), onde o objetivo foi avaliar a influência de um programa de ginástica, de dois meses de duração, sobre a postura e flexibilidade de idosas na faixa etária de 60 a 75 anos cinco participantes modificaram a postura. E houve ainda redução da retroversão pélvica e aumento significativo de flexibilidade, chegando-se a conclusão que um programa de ginástica é capaz de melhorar as alterações posturais de idosas, assim como resgatar a flexibilidade.
Em outro estudo, onde foi analisado os efeitos do treinamento em Ginastica Localizada no Perfil Lipídico de 28 mulheres obesas com idade entre 25 e 45 anos, foi realizado um programa de treinamento resistido, durante 9 semanas, com 3 sessões semanais e 1h de duração. As aulas eram compostas por um aquecimento, 10 exercícios localizados e alongamentos. Os autores chegaram a conclusão que o treinamento resistido em Ginastica Localizada foi eficaz por proporcionar modificações benéficas no Perfil Lipídico podendo levar a redução do risco de doenças arteriais coronarianas na população obesa. (BRAGA et al, 2012)
Por fim, diante destes varios estudos realizados e de seus resultados, podemos ter a certeza de que a Ginastica Localizada, alem de ser uma atividade fisica animada e contagiante, faz muito bem a saúde.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Delgado, L. GINÁSTICA LOCALIZADA. Disponivel em: <http://www.aquabarra.com.br/artigos/treinamento.php>. Acesso em: 08 de Jun. 2012.

Pedro, A. B. A. A Influência Motivacional da Música em Praticantes de
Ginástica Localizada em Juiz de Fora. Monografia. Faculdade de Educação Física e Desportos. Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de fora. 2009.

BENTES, C. M. Ginastica Localizada - Métodos e Sistemas. Grupo de Pesquisa em Treinamento de Força UFRJ/EEFD. Disponivel em: <http://www.claudiomelibeu.net/sistemas.pdf>. Acesso em: 08 de Jun. 2012.

DE PAOLI, M. P. O custo energético de uma aula de ginástica localizada
avaliada por meio de calorimetria indireta. Motricidade - v.1 - n.1, 2005.

LIMA, H. C. O. et al. Avaliação dos benefícios da ginástica localizada. Universidade Estadual do Ceará. Revista Brasileira de Educação Fisica e Esporte, São Paulo, v.24, n.4, p.525-534, out/dez. 2010.

Braga, M. O. EFEITOS DO TREINAMENTO EM GINÁSTICA LOCALIZADA NO PERFIL LIPÍDICO DEMULHERES OBESAS. Disponivel em: <http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/34091/000632188.pdf?sequence=1>. Acesso em: 08 de Jun. 2012.





Profª Cristiane dos Santos
CREF 090370-G/SP

Professora de Educação Física, formada pela Universidade Santa Cecilia.
Email: cristiane.santos08@gmail.com