Cadastre-se e receba atualizações por E-mail

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

EXCESSO DE TREINAMENTO: UM RISCO PARA QUEM TÊM PRESSA



Não há sombra de dúvidas que o treinamento físico promove variados benefícios para a saúde de um modo geral. Um dos objetivos mais desejados de quem procura uma academia é a estética. E com a chegada do verão essa demanda aumenta consideravelmente, lotando principalmente as academias que oferecem pacotes promocionais que contém várias modalidades de exercícios, com tempo prolongado, chegando a ultrapassar 3 horas. Essas pessoas podem desenvolver a síndrome do OVERTRAINING.
O overtraining ocorre quando há um excesso de treinamento e um período de recuperação insuficiente. As consequências dessa síndrome incluem: perda de peso; perda de apetite; cansaço; ansiedade; depressão; agressividade; pequenas lesões; resfriados constantes; perda no rendimento; dores musculares; dores de cabeça; alteração no sono; disfunções hormonais, entre outras.
O tratamento pode durar semanas ou até meses com o afastamento dos treinos, o que significa deixar de se valer dos reais benefícios que o exercício físico pode nos proporcionar.
É fundamental a participação do professor de educação física no monitoramento da frequência de atividades de cada aluno. Dessa forma, o professor poderá usar seu conhecimento na elaboração de programas de treinamento, associando volume, intensidade e o descanso adequado.

Um abraço,
Prof. Carlos André de Souza
Disponível também em: Opaque Magazine

Nenhum comentário:

Postar um comentário